sábado, 5 de abril de 2008


O caminho para chegar à contemplação perfeita não é o da razão filosófica. Aristóteles diz que o maior deleite é saber que o diâmetro é assimétrico com a circunferência; que este seja o seu deleite, que ele até o coma. Sem começar pela fé, a razão não chega à contemplação, mas este método foi ignorado pelos filósofos que, descurando a fé, fundando-se totalmente na razão, não conseguiram de modo algum chegar à contemplação. Por mais que o filósofo conheça, não pode, pois, chegar à felicidade perfeita. Mas que adianta saber muito, se não se degusta? São Boaventura

3 comentários:

Lord of Erewhon disse...

VULTURE


St. Thomas Aquinas thought
That vultures were lesbians
And fertilized by the wind.
If you seek the facts of life,
Papist intellectuals
Can be very misleading.

Kenneth Rexroth

medievalista disse...

Gostava de verificar isso que dizes acerca do São Tomás. É interessante. Sabes em que obra ele fala dos abútres?

(Z) disse...

Um apontamento do mestre Almada Negreiros sobre o mesmo, mas de outra maneira :)...no "Prefácio ao Livro de Qualquer Poeta": "O saber é pouca coisa para quem conhece. O saber desencanta o mistério. O conhecimento vive cara a cara com o mistério."

(Z)